Loading...

ARPAC

Pioneira em pulverização agrícola com drones
para controle de pragas e doenças.

ARPAC

Pioneira em pulverização agrícola com drones para controle de pragas e doenças.

Através de pesquisa e desenvolvimento próprios de suas aeronaves e sistemas de aplicação, a ARPAC entrega resultados importantes no controle de pragas, além de executar serviços em locais onde outros veículos não conseguem.


Benefícios

Com ARPAC, a pulverização é simples e o controle de pragas garantido. Conheça outros benefícios da tecnologia:

Benefícios econômicos:

- Atinge locais que outros veículos, como aviões e tratores, não alcançam;
- Aplicação localizada, garantindo redução do uso de insumos;
- Operação mais rápida do que método convencionais como aplicadores costais;
- Eficaz em terrenos acidentados;
- Zero amassamento e compactação do solo.

Benefícios de impacto social:

- Elimina o contato com produtos químicos prejudiciais à saúde;
- Pilotagem remota em segurança;
- Apelo sustentável graças à utilização de energia renovável.


Sobre o Drone

Com fabricação própria, os drones ARPAC oferecem uma experiência totalmente planejada para a atividade agrícola.

Tecnologia de Voo

A ARPAC projeta os seus drones a partir da necessidade encontrada no campo. Desse modo, cada equipamento passa por etapas de produção que contemplam requerimentos, modelagem, simulações, geração de protótipo, validação, produção, testes em laboratório e, finalmente, testes de voo.

Com motores, hélices e baterias importados de fabricantes parceiros, a nossa equipe testa todos os componentes individualmente antes de montar seus produtos finais. Além disso, os drones ARPAC são desenvolvidos em alumínio de alta resistência e realizam voos confiáveis e com tempo de voo elevado, em comparação com outras soluções do mercado.

Tecnologia de Aplicação

Junto da Schroder Consultoria, empresa gaúcha de expressão no cenário nacional de controle fitossanitário e aviação agrícola, a ARPAC desenvolveu seu sistema de aplicação de líquidos e sólidos.

Toda a tecnologia de aplicação da ARPAC, com produtos biológicos e químicos, passa pela avaliação de parceiros estratégicos responsáveis pela fabricação de defensivos, a exemplo da PROMIP - Manejo Integrado de Pragas.

Usando dispersores, pontas e bicos de alta qualidade, adequados para cada tipo de aplicação, a integração da tecnologia de aplicação ao voo do drone atende aos interesses do produtor rural, já que aumenta sua produtividade ao combater efetivamente pragas e doenças.

Feedback

Somada à engenharia de produção própria, a prestação de serviço oferecida pela ARPAC é capaz de promover rápidas mudanças em qualquer parte do processo de aplicação, cumprindo com a necessidade de cada cliente para ofertar um trabalho completo.

Sustentabilidade

Preocupada com o meio ambiente, a ARPAC dispensa o uso de combustível fóssil, trabalhando apenas com energias renováveis. A estrutura da aeronave é composta de alumínio, que recebe processo produtivo menos poluente em comparação à fibra de carbono, material utilizado na maioria dos drones existentes no mercado.

UM BREVE HISTÓRICO

Fundada em 2014 entre os sócios Eduardo e Cristiano, recebeu investimento anjo em 2015 e iniciou suas operações oficialmente em janeiro de 2016, ano em que também venceu o Edital de Inovação para a Indústria, promovido pelo SEBRAE, onde recebeu R$200mil para desenvolvimento de seus produtos. No mesmo período, passou a fazer parte da UNITEC, incubadora do Parque Tecnológico Tecnosinos, um dos maiores do Brasil, localizado na UNISINOS (São Leopoldo/RS). Em 2017, a ARPAC realizou sua primeira operação rentável e entrou para o programa de aceleração AGROSTART. Atualmente, a empresa é acelerada pela ACE, em parceria com a gigante alemã BASF.

Uma empresa é feita de grandes acontecimentos.
Aqui estão alguns que marcaram a nossa trajetória.

2008 - Acidente

Em 2008, Eduardo Goerl, sócio fundador da ARPAC, sofreu um grave acidente enquanto trabalhava como instrutor de voo no aeroclube de Bagé (RS). Logo após a decolagem, o piloto percebeu que havia fumaça saindo do painel, então iniciou os procedimentos de emergência para retorno. O resultado: Eduardo ficou internado por dias no hospital, juntamente com seu aluno e companheiro de voo, que enfrentou um mês na UTI.

Uma empresa é feita de grandes acontecimentos.
Aqui estão alguns que marcaram a nossa trajetória.

2014 - Ideia e protótipo

O insight que impulsionou a abertura da ARPAC aconteceu em 2014, quando Eduardo era piloto na TAM. No momento, interessado por drones, adquiriu o equipamento para fotografia aérea e logo percebeu um potencial de utilização da tecnologia para pulverização agrícola. Contou a ideia para um amigo, que abraçou o projeto e contribuiu no investimento inicial, destinado à patente e produção de protótipo, onde utilizaram os mais avançados materiais para a construção de drones na época. No segundo semestre de 2014, a dupla realizou a primeira pulverização agrícola com drones do Brasil.

Uma empresa é feita de grandes acontecimentos.
Aqui estão alguns que marcaram a nossa trajetória.

2014 - TEDx - Ideas for Everyday Life

Ao final de 2014, Eduardo expôs sua ideia no TEDxUnisinos, realizado no Teatro do SESI, na FIERGS, em Porto Alegre (RS). O evento tinha como tema Ideas for Everyday Life, ou seja, ideias que melhoram o cotidiano das pessoas.

Uma empresa é feita de grandes acontecimentos.
Aqui estão alguns que marcaram a nossa trajetória.

2015 - Investimento anjo

Graças à repercussão positiva no TEDx, Eduardo e seu sócio iniciaram a procura por investidores anjo. Desse modo, encontraram um advogado que topou participar do projeto, ajudando ainda a pensar o negócio.

Uma empresa é feita de grandes acontecimentos.
Aqui estão alguns que marcaram a nossa trajetória.

2016 - Início P&D na UNITEC

Através do investimento anjo, os sócios puderam contratar dois engenheiros, com o objetivo de produzir um drone com alta capacidade de carga para pulverização agrícola. Incubados pela UNITEC, desenvolveram toda engenharia para projetar, modelar, prototipar, testar e voar as aeronaves ARPAC.

Uma empresa é feita de grandes acontecimentos.
Aqui estão alguns que marcaram a nossa trajetória.

2017 - Primeira operação com carga biológica

No final de 2016, a ARPAC recebeu o desafio de produzir um drone aplicador de Trichogramma. A equipe conseguiu passar por todas as fases de criação da aeronave nova e fazer o primeiro voo em 45 dias, realizado no estado de São Paulo, entre janeiro e março de 2017.

Uma empresa é feita de grandes acontecimentos.
Aqui estão alguns que marcaram a nossa trajetória.

2017 - Entrada com BASF

Após a safra, a ARPAC passou a buscar investimentos novamente. Assim, e equipe encontrou o processo seletivo da ACE aceleradora para o programa Agrostart, juntamente com a BASF. Aprovada em todas as etapas do processo, a ARPAC hoje se orgulha por todo conhecimento adquirido e pelas mentorias recebidas das duas empresas.

Uma empresa é feita de grandes acontecimentos.
Aqui estão alguns que marcaram a nossa trajetória.

2017 - Get in the Ring - Singapura

A ARPAC participou da etapa brasileira do prêmio Get In the Ring, realizada em Salvador (BA). Vitoriosa na competição, representou Brasil na etapa final, em Singapura, onde competiu com 160 empresas do mundo todo e apresentou a ideia para fundos de venture capital.

Equipe ARPAC

Gestão para Inovação e Liderança - UNISINOS
Piloto Airbus A320 - LATAM

Eduardo da Costa Goerl
CEO

Engenharia Elétrica - UFRGS

Enio Freitas
CTO

Bacharel em Ciência da Computação - Universidade Federal do Pampa

Joseane Giacomelli
Projetista de Software

Engenharia de Controle e Automação - UFRGS/Supélec

Alexandre Loeblein Heinen
Analista de Sistemas Embarcados

Unmanned Aircraft Systems Science - Embry-Riddle Aeronautical University

Julianna Martorella
Especialista em Operações de Drones

Doutor em Engenharia Elétrica - UFRGS
Doutorado sanduíche KTH - Royal Institute of Technology - Suécia

Diego Eckhard
Sistema de controle

ContaTO

Ligue
+55 51 3590.8688
+55 51 9 9725.3973
Endereço
Av. Unisinos, 950
São Leopoldo/RS
Email
contato@arpacbrasil.com.br
Todos os campos são obrigatórios.